"Vencedora do Prêmio GRAMMY Latino® 2009, indicada ao Prêmio ICMA de 2020, vencedora Prêmio de "Melhor Recital do Ano" pela Associação de Críticos de Arte de São Paulo, o Prêmio William Petschek da Juilliard School e o Primeiro Prêmio International Artists em Nova York, Sonia Rubinsky é uma "pianista profunda e refinada que não deixa nada a desejar. Seu Mozart é articulado, não menos cantado e claro do que o de Perahia ou Uchida. Seu Scarlatti demonstra o imperial controle do timbre. Como seus compatriotas, Guiomar Novaes e Nelson Freire, ela tem essa genialidade de cor que faz dela uma intérprete ideal de Debussy ou Messiaen." 

                                                                                                                                                Eric Dahan

Scan%202_edited.jpg

   

         Nascida no Brasil de mãe polonesa e pai lituano, Sonia Rubinsky iniciou seus estudos musicais no Conservatório de Campinas com Olga Rizzardo Normanha. 

       Ela deu seu primeiro recital aos cinco anos e meio e, aos 12 anos, se apresentou como solista com orquestra.

       Para continuar sua educação, ela foi estudar na Academia RUBIN em Jerusalém (agora Academia de Música e Dança de Jerusalém).

           

           Aos 16 anos, ela se apresenta para Arthur Rubinstein no filme "Arthur Rubinstein em Jerusalém" que admirou seu forte temperamento. Encorajada por este professor extraordinário, ela recebeu seu doutorado da Juilliard School em Nova York e se apresentou em salas de concertos de prestígio como o Carnegie Hall (Stern/Perlman Auditorium), o Alice Tully Hall, Bargemusic, Merkin Concert Hall e Miller Theatre em Nova York, Hertz Hall em Berkeley, La Maison de la Radio em Paris, a Sala São Paulo e o Teatro Municipal em São Paulo, Brasil, o Recanati Hall em Israel, o AGA-Zaal na Holand entre outros.

 

       Sua discografia inclui gravações de Bach, Debussy, Messiaen, Scarlatti, Mozart, Almeida Prado, Jorge Liderman, Gabriela Lena Frank, Villa-Lobos e Mendelssohn. A gravação completa das obras para piano de Villa-Lobos pelo selo NAXOS rendeu à Sonia Rubinsky o prêmio de "Melhor Gravação do Ano" no Latin GRAMMY® 2009 Awards.

 

       Seu último álbum com orquestra, dedicado a Almeida Prado, foi indicado ao Latin GRAMMY Awards em 2020. 

123_Theatro_Sao_Pedro_6005653.jpg

©Isabela Senatore

          Desde 2011, Sonia Rubinsky é nomeada Artista em Residência por Murray Perahia no Edward Aldwell Institute em Jerusalém e no Jerusalem Music Center, onde ministra master classes, ajudando a formar uma futura geração de pianistas.